Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

quarta-feira, novembro 17, 2004

Naquele Rio

...

Deixavas-me deslizar sobre ti
Num movimento sem princípio nem fim
Em torno da tua figura orgulhosa e bela,
Onde sentia cada escaninho do teu corpo
Cada segredo, cada sonho e cada esperança.
Crescia com eles e quando os tinha todos,
Abrias os braços para que neles me pudesse envolver
e descansar em ti
As palavras morriam no longo beijo da despedida...

Maria


Rio Zêzere


De esperas construímos o amor intenso e súbito
que encheu as tuas mãos de sol e a tua boca de beijos.
Em estranhos desencontros nos amamos.
Havia o rio mas sempre ficávamos na margem.
Eu tocava o teu peito e os teus olhos e, nas minhas mãos,

a tarde projectava as suas grandes sombras
enquanto as gaivotas disputavam sobre a água
talvez um peixe inquieto, algo que nunca pudemos ver.
As nossas bocas procuravam-se sempre, ávidas e macias
E por muito tempo permaneciam assim, unidas,
Machucando-se, torturando as nossas línguas quase enlouquecidas.
Depois olhávamo-nos nos olhos
No mais profundo silêncio. E, sem palavras,
Partíamos com as mãos docemente amarradas e os corações estoirando uma alegria breve
Quando a noite descia apaixonada
Como o longo beijo da nossas despedida.

Joaquim Pessoa



29 Comments:

Blogger Yardbird said...

O beijo de despedida que seca as palavras. Só o rio corre sempre. Maria, as tuas "colagens" ficam sempre maravilhosas :-) Beijo

7:57 da tarde  
Blogger sandra said...

Minha querida amiga, adorei cada palavra deste texto, ta muito lindo, com um sentimento profundo próprio de quem vive a vida apaixonadamente, de quem consegue fazer de pequenos momentos grandes momentos, de quem consegue trazer felicidade nas suas palavras e transmite-nos uma enorme força de vontade para viver e para conseguir ultrapassar todos obstaculos!
Amiga obrigada por seres quem és, e por nunca desistires e fazeres com que os outros vejam que vale sempre a pena lutar para um dia sermos felizes embora tudo nos deite para trás!Beijinhos muito grandes para ti!

8:24 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Gostaria de saber descrever assim, tão singelamente mas tão carregado de emoção, o encontro entre dois seres que se querem. Muito bem, Maria. Um beijo.

8:42 da tarde  
Blogger contadordehistorias said...

Sigo rio abaixo , remando por essas palavras, mas não me despeço, digo-te até depois...

um enorme beijo

12:07 da manhã  
Blogger folhasdemim said...

Deslizei nas tuas palavras. Lindo o rio que escolheste para ilustrar o teu poema. Beijos, Betty :)

12:10 da manhã  
Blogger wind said...

Maria, com o rio a sensualidade de 2 corpos. Bela conjugação entre os dois poemas e bonita imagem:)beijos:)***

12:43 da manhã  
Blogger lualil said...

"Vem sentar-te comigo, Lídia, à beira do rio.
Sossegadamente fitemos seu curso e aprendamos
que a vida passa, e não estamos de mãos enlaçadas.
(Enlacemos as mãos)
F. Pessoa
Um beijo grande pra ti!

1:28 da manhã  
Blogger CAP said...

Só passei para te deixar um beijinho...

2:30 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Se pudesse construir uma jangada suficientemente grande Maria, fazia-o!... depositava nela os teus sonhos, a tua dor, as tuas flores, os teus encantamentos!... e soprava com jeito para que desliza-se de mansinho nos leitos dos rios, das camas, dos pensamentos...
Beijo grande pra ti!...

In Loko

6:27 da manhã  
Blogger Alex said...

Olá Maria, vim visitar o teu cantinho e achei-o extremamente acolhedor. Vou voltar!
Beijinhos

9:26 da manhã  
Blogger mad said...

Que post maravilhoso Maria. Fiquei sem palavras.

10:33 da manhã  
Blogger Luna said...

esse rio é o meu deleite...o meu canto...
as palavras morriam...morreram..são só palavras e silêncios que nada nos dizem...
Voa Mariola em direção a esse rio e ama e volta a amar...temos essa capacidade inesgotável de o fazer...quem não a tem paciência

10:43 da manhã  
Blogger lique said...

Belíssimo rio! Desliza sobre ele sim e deixa que a tua enorme capacidade de amar te dê a felicidade que mereces! Beijinhos, amiga.

11:09 da manhã  
Blogger Vera Cymbron said...

Estamos em sintonia! Tu com o rio e eu com a ribeira...
Gostei muito. Realmente há palavras que deviam viver ao invés de morrem no beijo da despedida.
Jinhos e fica bem!

11:20 da manhã  
Blogger Andrea Motta said...

Boa tarde Maria, fantástico este post. Parabéns. Beijos com carinho, Andréa.

11:52 da manhã  
Blogger Olhares said...

Olá Maria,
Não vim propriamente comentar o post, que como sempre tem a beleza dessas águas que correm nesse rio.
Vim antes saber como te encontras?
Um beijo

12:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

esse beijo que sempre se espera que não chegue
tornando todo o tempo que se passa pouco, mas esse pouco sendo muito bom.
eu abro os braços e não sinto a despedida, porque sempre que leio, que vejo escrita tão bela sei que sempre estás presente na vida.
beijos fofinhos

paulo povoa
http://frasesepoemas.blogs.sapo.pt

3:14 da tarde  
Blogger Carmem L Vilanova said...

Minha Querida e Boa Maria! Sim, digo BOA porque somente um bom coraçao é capaz de escrever tantas coisas tao infinitamente lindas e delicadas direcionadas a mim, a minha querida Carmencita e ao meu cantinho especial... Busco palavras para agradecer-te mas nao as encontro porque todas as palavras nao parecem refletir o que realmente quero dizer... Recebe entao o meu beijo carinhoso, o meu abraço amigo, o meu afeto mais sincero!

Sim, Maria! O rio... o rio para mim é a mais perfeita comparaçao que se pode fazer com a vida, com o Amor, pois segue sempre adiante, buscando envolver o que vem por pela frente, levando consigo as boas aquisiçoes e deixando para trás tudo aquilo que nao foi bem-vindo ou experiências que nos hajam deixado ensinamentos, mas que já nao fazem parte do nosso presente... Isso é o rio para mim: Passado, Presente e Futuro!

Muitos carinhos para ti, Boa Amiga, quem já levo comigo no rio de minha vida!

3:15 da tarde  
Blogger andrye.blogs.sapo.pt said...

Ola, to de visita ao te ublog e adorei. vo-te por nos meus links. bonitos poemas q se encontram p aki. e eu adoro poemas. ja agora aproveito pa te convidar a visitar o meu blog, espero q gostes. beijokas.

3:36 da tarde  
Blogger AmigaTeatro said...

Maria :)
Belas escolhas , as tuas.
Gosto.

;)***

3:51 da tarde  
Blogger frog said...

Querida Maria, é imensa a vontade de mergulhar nessas águas, nas tuas águas feitas palavras e sentir cada segredo, cada sonho, cada esperança... sim! porque eu já sinto!...

E, afinal, esse teu rio tem margens...

Beijo grande

4:16 da tarde  
Blogger Luis Duverge said...

As palavras que te li irmã, encontram eco
no texto que eu e ela criámos.
Não precisas bater à porta ...basta entrar:
a-alma-aqui-e-alem.blogspot.com

5:40 da tarde  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Maria,

É mesmo muito bom sentirmo-nos nos braços de alguém que amamos.
E por vezes o silêncio diz muito mais do que as palavras,ou pelo menos têm o mesmo peso que as palavras.
Muito bonito este poema que escreveste.
Beijinho.

6:44 da tarde  
Blogger carlos said...

conheço bem este rio, estes lugares...

7:16 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ ... neste rio a[mar]-te de foz [a][o]mar © cisne_feio ... }{ beijos* }

9:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Obrigada pelos comentários que me tens deixado Maria.
"As palavras morriam no longo beijo da despedida..."
Um beijo,
Litostive

6:17 da tarde  
Blogger MJM said...

Tão bonito, Joaquim Pessoa.
Obrigada pela tua simpática visita.
O tempo começa a não chegar para tanta gente bonita que se encontra nos remoinhos desta imesa corrente.
Kisses da baby

1:52 da manhã  
Blogger rfarinha said...

Rio que me corre nas veias, por ser berço de família... bela homenagem ;) Bjs

10:25 da manhã  
Blogger 日月神教-向左使 said...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,
情色論壇

2:36 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses