Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

domingo, outubro 17, 2004

Quando?



Quando passearemos de mãos enlaçadas sob as árvores?
E parados face a face
com o abraço subindo, lento e envolvente,
da cintura ao peito e aos ombros...
Quero sentir-te estremecer da terna expectativa,
bem junto a mim, do desejar não querendo,
vendo nos teus olhos o contrário do que a tua boca fala.
Pois te digo: gosto por demais de ti para me render
ao trágico significado da verdade do que dizes.
Repete, repete à exaustão a recusa suprema.
Não adianta , meu amor!
Até à morte, serão somente palavras que não desfazem a ilusão.
Só após ela se tornarão numa realidade que então não terá mais importância.



41 Comments:

Blogger frog said...

Querida Maria, porquê tanta tristeza e desencanto?!...
Deixa que os teus braços se conduzam sem reservas e que teus lábios se inflamem de sensações...e verás no olhar que te olha, aquela luz que que torna desejáveis os teus passos rumo a um leito feliz de folhas macias, nesse jardim onde hoje passeias de mãos dadas...

Um beijo

4:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria este poema arrepia no que se chama dar totalmente ao amor. Poucas pessoas existem assim. Amar até morrer...A imagem é linda e perturbante como o poema. Beijos** wind

4:17 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Amigo Albino, não são palavras de tristeza e desencanto, apenas revelam sonhos e amor... Beijinhos

4:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ler o teu poema...
Faz-me pensar como podes alguma vez ter escrito o que sinto... Não percebo.

Obrigada por estes momentos.
Jane

4:27 da tarde  
Blogger Luis Duverge said...

Olha para o céu e repara como as estrelas brilham ... à noite.
De dia elas continuam a brilhar mas o Sol ofusca-as e não as deixa falar
Porque queres só ver de dia e não olhas...à noite ...as estrelas do céu?
A dor que te consome cega o teu discernimento e pinta de cinzento a tua alma.
Onde está o teu branco ?

5:08 da tarde  
Blogger R/B Estação said...

Adorei a foto!
As tuas palavras já não me são estranhas e muito me dizem.
Beijinhos e boa semana.

5:45 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Luis_Duverge: Dias há em que o branco se deixa envolver nos cinzas, contudo ele, branco, continua lá. Hoje o cinza não me pinta a alma, e estas palavras mais que tristeza revelam desejos, sonhos e esperança... Hoje a alma tem essas tonalidades.. Beijinhos tem uma boa semana!

6:07 da tarde  
Blogger Luna said...

Palavras que não desfazem a ilusão...e silêncios que prolongam ilusões...
Gostei da aqui chegar

6:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

fiquei sem comentários, no silêncio a olhar te.
Ilusão ou amor? Nada vale um amor eterno...com tristeza te digo...
beijo
PLH

6:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Luna: felizmente ou não, o amor não depende dos silêncios, vive com eles e neles... Sonha demasiado! Obrigada pela visita

6:52 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

PLH: amiga, claro que vale, quando é sentido e vivido em toda a sua plenitude. Vale a pena sim! Beijinhos

6:54 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Albino: Estas palavras sonham com isso mesmo que descreveste. Beijinhos

6:58 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Jane: Partilhamos sentires.. Obrigada pela tua visita! Beijinhos

7:01 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Wind: Eu sou uma romantica tu sabes, mas agrada-me a ideia de amar alguem até ao dia... Beijinhos

7:03 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

João: Eu sei amigo.. Obrigada! Beijinhos

7:04 da tarde  
Blogger Alma said...

Querida Maria estou feliz ... finalmente sentimentos de esperança nos teus posts ...
Adorei a forma como descreves a confrontação entre o que os olhos dizem e o que a boca fala :)
Muita força amiga muitos beijinhos

7:16 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Maria, sempre a profundidade do que sente e a respectiva eterna continuidade. Lindo e reconfortante. Beijinho.

7:41 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ … (nestas) palavras de amor*e*dor que não são mais que uma única pergunta “quando?”, se sente puro amor. entendo eu movido e aconchegado nesse desejar reflectido, destino de amor, nesta recusa escrita mas não olhada*verdade sentida*e*desejada até morrer © pipetobacco … }

{ gostei muito destas tuas palavras*amor* estritas(o) }

{ beijos* }

8:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria deves ter muitos =^.^= =^.^=, querendo te amar, pois és muito romântica, rsrs.
Adorei este texto de sonhos. Andar de mãos dadas é bom d+.
Os olhos, estes, são mais dificeis de mentir, se soubermos interpretá-los.
Beijokas, minha linda e continua nos teus belos sonhos e um amor eterno.

8:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

As palavras são puro bálsamo, um opiário que vertemos na alma e nos trazem os doces aromas dos campos nunca visitados, nunca percorridos com os passos presos nos olhos e as mãos fortemente enlaçadas... Sempre um prazer enorme ler-te. O que faço sempre, mesmo que não comente. Um beijinho para ti, doce Maria...

deSaraComAmor

9:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Nostálgico mas encantador... os sonhos e os sentimentos brotam em forma de palavras simplesmente... palavras partilhadas, obrigado!
Um abraço amigo do "Mundo Mágico" em http://isablog.blogs.sapo.pt ... Isa.

9:09 da tarde  
Blogger heloisa said...

*MARIA*,
*OUTRA* LINDA E DOCE MARIA* no meu caminho!
Agradeco aos CEUS!
ESTA FOTO E' SOBERBA!_BEM OUTONAL!_BEM AO MEU GOSTO! e...bem a Dimensao da SUA SENSIBILIDADE E SENTIR POETICO!...E... o *POEMA*!?_BOM O POEMA, e' um POEMA DE *MARIA*!_Claro e transparente, onde o AMOR* e' *PEDRA MOR*!
_Minha Querida Amiga,
GRATA, GRATISSIMA, por manifestar Seu Sentir em relacao a *MARIA AZENHA*, la' na humilde Homenagem, que pretendi fazer-LHE!_OBRIGADA, por ir PRESTIGIAR, *NOSSA POETISA MAIOR*:_MARIA AZENHA*!
_Perdoe as minhas vindas Aqui, serem tao escassas, mas, como sabe, nao estou bem!_Um pouco melhor, sim!_OBRIGADA pelo cuidado!
Agora, vou ler mais "por ai' abaixo!!!!!!!!!!!!!!!
_Um bom inicio de semana e... que a HARMONIA esteja presente em Sua VIDA!
Beijinho.
Sua Amiga,
Heloisa.
**************************************

9:41 da tarde  
Blogger JPD said...

Acho este teu post admirável.
Bjs

9:41 da tarde  
Blogger CAP said...

Votos de uma boa semana, sob as cores outonais.
Beijos.

12:17 da manhã  
Blogger Pedro said...

pronto, pronto, eu vou para baixo da arvore e tu vais la' ter, esta' bem?

12:38 da manhã  
Blogger Sara said...

Bolas!!! Aqui até as arvores são romanticas ;)
Lindo!!!
Boa semana
Beijos

12:38 da manhã  
Blogger rfarinha said...

São momentos tão simples [como esse] que nos dizem tanto ;) bjs

12:50 da manhã  
Blogger Ankh said...

"Até à morte, serão somente palavras que não desfazem a ilusão."
A intensa verdade das tuas palavras comove-me...
É linda...tão linda esta certeza...mesmo que doa.

Um beijo terno para ti.

1:11 da manhã  
Blogger stillforty said...

Quando? Também eu me recuso a render-me ao cansaço, às noites sem dormir.
Acabei por hoje a minha visita aos blogues amigos, com as tuas palavras me vou deitar e meditar.
Boa semana, amiga.

2:05 da manhã  
Blogger Carmem L Vilanova said...

Maria,
Lindas palavras!
Lindo sentimento!
Uma vez mais, parabens!

5:43 da manhã  
Blogger amita said...

Que desilusão e melancolia encontrei neste artigo, amiga. O Outono é um cúmplice descarado e sem pejo que entra em nós com sua cores fulgurantes e nos transporta ao sabor do vento. As tuas palavras deixadas lá no meu cantinho do sapo, sempre carinhosas,te agradeço. Bjinhos, Maria e um bom dia para ti

9:57 da manhã  
Blogger Vera Cymbron said...

Obrigada pela mensagem que deixaste lá em casa...é sempre bom saber que gostam de ler-me.
Jinho.

10:06 da manhã  
Blogger lualil said...

Além das belas palavras, como costume, esta imagem está sensacional! Parabéns Maria.. Boa semana pra ti!
bjos,

11:21 da manhã  
Blogger Andrea Motta said...

Maria, sua poesia como sempre é de uma beleza impar! E a fotografia é maravilhosa! Boa semana , beijos. Andréa

1:29 da tarde  
Blogger contadordehistorias said...

...quando beijar os teus lábios frios,e os teus olhos já não virem o meu corpo tudo será nada.

2:42 da tarde  
Blogger PARTILHAS said...

Os contrastes... podem ser fantásticos!
O vermelho só o é mais porque está perto do cinza... se o cinza fosse laranja... o vermelho queimou o castanho? sugou-lhe a cor? o contraste é inclui a anulação? A paixão?
Beijos

5:02 da tarde  
Blogger Anjo Do Sol said...

Quando, Maria?
Hoje e todos os dias mais quentes, mais ensolarados.
Depois dos mais chuvosos, o sol começa a querer romper.
Não sei se será Primavera anunciada.
Mas, espero que te traga calor a ti.
Bjito

6:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Luta sempre pelo que queres ouvir, sentir e fazer, continua esse caminho, jokas
Rato

7:36 da tarde  
Blogger corpo visível said...

Mas há palavras que nos beijam...

8:28 da tarde  
Blogger Yardbird said...

As tuas palavras são sempre muito especiais, Maria. E essa foto, é fogo outonal em todo o seu esplendor. Magnífico :-) Beijinhos, Maria

3:10 da tarde  
Blogger 日月神教-向左使 said...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,
情色論壇

2:35 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses