Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

quinta-feira, outubro 21, 2004

Quando tu vens....

Antes do anoitecer, muito de mansinho tu vens, com o teu olhar penetrante que me perturba. Que muito me perturba.
E quando surges, revolves tudo dentro do meu ser, num laço tão forte que sufoca o mais pequeno sentimento alojado na mais remota parte de mim.
Os nossos odores entrelaçam-se, assim como nossas pernas.
As minhas e as tuas. As tuas mãos meigas, leves, mas cheias de
personalidade adejam sobre mim num bailado quase ritual.
Um beijo quente percorre-me da cabeça aos pés, seguido de um deleite quase insuportável.
De súbito, pertenço-te cada vez mais, como a luz pertence ao Sol, mesmo sob as nuvens.
Quero-te cada vez mais. Mais e mais e mais. Cada vez contigo, em mim,
os dois, revolvemos a penumbra, até ao clarear da madrugada que se adivinha luminosa.

Maria



Dormi contigo a noite inteira junto do mar, na ilha.
Selvagem e doce eras entre o prazer e o sono,
entre o fogo e a água.
Talvez bem tarde nossos
sonos se uniram na altura e no fundo,
em cima como ramos que um mesmo vento move,
embaixo como raízes vermelhas que se tocam.
Talvez teu sono se separou do meu e pelo mar escuro
me procurava como antes, quando nem existias,
quando sem te enxergar naveguei a teu lado
e teus olhos buscavam o que agora - pão,
vinho, amor e cólera - te dou, cheias as mãos,
porque tu és a taça que só esperava
os dons da minha vida.
Dormi junto contigo a noite inteira,
enquanto a escura terra gira com vivos e com mortos,
de repente desperto e no meio da sombra meu braço
rodeava tua cintura.
Nem a noite nem o sonho puderam separar-nos.
Dormi contigo, amor, despertei, e tua boca
saída de teu sono me deu o sabor da terra,
de água-marinha, de algas, de tua íntima vida,
e recebi teu beijo molhado pela aurora
como se me chegasse do mar que nos rodeia.

Pablo Neruda

53 Comments:

Blogger Maria Branco said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

3:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria as tuas palavras "levemente" eróticas e sensuais com a simbiose do poema de Pablo Neruda. O amor de dois num só:) Perfeito:-) Bela imagem;)beojos** wind

3:30 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Nova linha editorial? Esta sua faceta é nova para mim mas também gosto.A sua sensibilidade consegue dar ao erotismo uma leveza que não chocará o mais púdico. Óptima conjugação com o Neruda. Beijos.

4:11 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

4:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

se assim é. se assim foi. se é o que desejas. no mais intimo. do teu corpo. e ser.

então. que haja e que encontres. um compromisso. de sempre. para sempre.

um abraço. maria.

João

os dias das noites

4:25 da tarde  
Blogger Vera Cymbron said...

Mas que casamento perfeito...Pablo e tu! Gostei muito, a imagem tira a respiração.
As minhas palavras precisam de ser revistas e pensadas...
Vou de mini férias, mas prometo ler-te sempre!

5:28 da tarde  
Blogger Carmem L Vilanova said...

Uau! Ao ler o teu poema, nao imaginas como foi despertada em mim a vontade de amar, amar ate perder completamente os sentidos, entregando-me de corpo e alma ao ser amado, ao meu amor! Confesso que estou ficando "viciada" em visitar tuas ¨cumplicidades, venho ávida em busca de novos poemas, novos textos que diariamente me fazem refletir, sorrir, amar, sentir-me apaixonada pela vida, fazendo-me acreditar que sim, a vida é bela, belíssima.
Muitíssimo obrigada pelos comentários que tens deixado em meu blog, e principalmente, pelo que enviastes felicitando a minha linda Carmencita por seus 4 meses de idade!
Um lindo dia para ti!
Beijos,
Carmem Lucia Vilanova

5:28 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"revolver a penumbra até ao clarear da madrugada" - lindo, Maria! O poema de Neruda, falando da mistura de sonos e de corpos cojuga-se na perfeição com as tuas palavras. Continuação de boa tarde para ti :-)

5:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

"revolver a penumbra até ao clarear da madrugada" - lindo, Maria! O poema de Neruda, falando da mistura de sonos e de corpos cojuga-se na perfeição com as tuas palavras. Continuação de boa tarde para ti :-)
Dora
www.atrasdaporta.blogsapo.pt

5:33 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Eros não te dá tréguas!

5:46 da tarde  
Blogger Ritinha said...

Lindo...
Só me apeteceu fechar os olhos e viver as tuas palavras com o meu alguém.
Beijo

7:51 da tarde  
Blogger metafora said...

Simplesmente Neruda, só podia ser esse o perfume que percorre as tuas palavras...

Bonito, gostei muito!

8:26 da tarde  
Blogger c.b. said...

Texto muito bom, imagem bela e grande poeta Neruda :)

Beijos

8:51 da tarde  
Blogger contadordehistorias said...

madrugada pelo mar adentro...

9:13 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ ...

no amor amamo-nos cheios de imenso
sem o pronunciarmos
as palavras darão lugar aos gestos
os nossos corpos nus ficarão unidos
e jogarão o jogo das carícias e ternuras
o teu corpo transformar-se-á
numa fogueira de prazeres
permaneceremos unidos e adormecidos
no húmido e quente mundo do amor
até que o tempo sopre as velas do hoje
© biquinha

... }
{ beijos* }

9:29 da tarde  
Blogger ruiluis said...

...e assim, depois do silencio, o homem não é manso quando deseja o acto amoroso com a mulher ou com o homem e as mãos dele ou dela terão sempre a personalidade do sábio ou não terão...serão sempre sedentos e emocionais querendo mais e mais ! é bom que assim sintas !

11:58 da tarde  
Blogger CAP said...

Naughty! ;)

1:38 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Maravilhosa conjunção, Maria. Amei este texto caliente, soubeste dosar muito bem a sensualidade com a ternura dos que se amam. Mui belo minha linda.
A esta hora já estás a sonhar, rsrs. Desejo-te bons sonhos sempre
Beijinhos da anne.

2:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

e a madrugada ao clarear, te traz um sorriso que te deixa ainda mais brilhante que o sol, mais bela que a lua, pois a tua beleza não se transmite apenas pelo exterior, mas também se exprime pelo interior.

paulo povoa
http://frasesepoemas.blogs.sapo.pt

9:20 da manhã  
Blogger rfarinha said...

Hum...
Quando ele vem...
O desejo palpita a cada instante... a cada milímetro que se torna mais próximo...
Hum...
É melhor ficar por aqui... :p
Bjs

10:02 da manhã  
Blogger PARTILHAS said...

Que bom sentir-te assim...
Desperta para... sentir, viver, Feliz, Alegre...

Que Bom

See you :-)

10:14 da manhã  
Blogger ccc said...

bom fds linda!

11:32 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Perfeito, Maria... Palavras entrelaçadas da madrugada até o amanhecer!!! É de tirar o fôlego. Adorei!! Beijo carinhoso p/ ti............ Vinha

11:54 da manhã  
Blogger frog said...

...palavras para quê?!... Assim és tu Maria!

Um beijo

1:34 da tarde  
Blogger lique said...

Maria, a tua doce sensualidade e as palavras de Neruda fazem deste post um encanto para os sentidos. É bom amar assim! beijinhos

3:02 da tarde  
Blogger LolaViola said...

Lindo, o teu poema de amor tão luminoso. :-)

3:12 da tarde  
Blogger corpo visível said...

pois é...vivemos para perturbar e para sermos perturbados!!
;)

3:41 da tarde  
Blogger Amadeu Raimim said...

"um deleite quase insuportável"...
é tão bom que até dói... lindo!
Um beijo :*

6:38 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Wind amiga: Obrigada. Um beijo enorme para ti!

7:06 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Emilio: Será que é uma nova linha editorial? não sei.. parece-me que todos estes sentires fazem parte, e são despertos pelo amor. Beijos

7:08 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querido João: Muito obrigada pelos tus desejos. Se tiver que acontecer, se um dia esse compromisso existir que seja realmente para sempre.. É bom acreditar, sonhar... Beijos

7:12 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Blue: Obrigada! Uma ferias muito felizs para ti. Aproveita cada momento como unicos e irrepetiveis. Beijos

7:14 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Carmem: As tuas palavras tocam-me profundamente, e só por elas vale a partilha das minhas palavras e gostos. O meu muito obrigada! Sim minha querida a vida é bela, e esta nas nossas mãos torna-la ainda mais bela, acredito pela sensibilidade que te adivinho que o faças na perfeição! Um beijo enorme!

7:23 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

7:23 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Dora: Muito obrigada. Um beijo grande. Tem um excelente fim de semana!

7:28 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ritinha: eu desejo que o vivas com o teu alguém. Beijos

7:29 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Metafora: Muito obrigada, as palavras de Neruda tem um perfume que me encanta. Um beijo. Tem um excelente fim de semana

7:32 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Carlos: Obrigada! Tem um excelente fim de semana. Beijos

7:33 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Contadordehistorias: Amando.... Beijos

7:33 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Pipetobacco: São lindas as palavras que me deixas. O meu muito obrigada. Beijos

7:36 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

RuiLuis: Quando se ama.. Sente-se! Beijos

7:38 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Cap: Um sorriso Cumplice.... :)

7:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Paulo amigo: Obrigada pelas tuas sempre carinhosas palavras! Um beijo enorme...

7:41 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ridufa: Sorrio-te. Beijos

7:42 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Partilhas minha querida: é exactamente assim que me sinto, desperta para viver, sentir, sorrir... Livre! Um beijo enorme!

7:45 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

CCC: Querida amiga, um fim de semana muito feliz para ti! Beijos Muitos!

7:47 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Vinha: Obrigada. Um beijo grande...

7:48 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Albino: Assim como?? :) Beijos

7:49 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Minha doce e querida Anne, é bom saber que sentiste exactamente como eu senti ao escrever estas palavras, uma imensa ternura e amor... Um beijo grande!

7:52 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

LolaViola: Não é o amor luminoso? :) Obrigada. Beijos

7:53 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Lique querida: Muito obrigada. Tem um fim de smana feliz! Beijos Muitos

7:54 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Corpo Visivel: Também, mas não só.... Beijos

7:55 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Amadeu: Obrigada! Um beijo. Desejo-te um excelente fim de semana!

7:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses