Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

domingo, outubro 10, 2004

Neste Lugar...

É aqui neste lugar rodeada por azuis-mar
Que te sonho mundo,
invento-te para mim manso e suave
desenhei-te um olhar claro e de esperança
O mesmo olhar com que velavas os meus sonhos de criança
Aqui tudo esta quieto e tudo foge para além de mim
Não posso acompanhar-te aonde vais
E fico onde estou
Não posso correr para esse abismo onde teimas em viver
Volto a inventar sorrisos em todos os rostos que te habitam
Invento-te uma harmonia sonhada
e uma paz desejada
À volta só o silêncio e a solidão
respondem ao meu olhar que não descansa,
ao meu coração sequioso
A quem um dia disseram que tivesse esperança
Aqui neste lugar onde sempre volto...

Maria



Uma simples folha branca que esvoaça,
Ritmada por ecos de música e p'lo vento que passa
À espera dum breve registo... um qualquer pensamento
Que a enriqueça com arte, feliz contentamento!

Uma tábua comprida é um banco
Uma mesa corrida um convite ao descanso
O mar ao longe, cenário e as dunas um manto
Aqui repousam lamentos, aqui o amor é santo!

Que seja imortal este momento,
A paz, a alegria, o sentimento....
Que tenha memória viva este sabor ameno!

Anseio sempre por voltar aqui
A este lugar tão fabuloso e tão pleno!
.... este refúgio de mim!

Ana Prata
(Praia do Gancho/ Bar do Ricucu / Agosto 2004)



A Ourem, ao Luís e à Ana o meu muito obrigada pela atenção e carinho demonstrados com o Cumplicidades.


40 Comments:

Blogger Emilio de Sousa said...

São lugares como este que nos compõem, que nos constroem e nos quais sentimos que fazemos parte da Terra e a ela regressaremos. Quando neles, não esperamos. Estamos! Beijinhos grandes.

7:22 da tarde  
Blogger rfarinha said...

E que belo sítio para inventar o mundo... entre belos azuis-(a)mar... entre as ondas onde perdemos a vista... num horizonte perto destino longe ;) bjs

7:34 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

um muito obrigada pelo espaço que estou a ocupar no seu refúgio precioso.
...arrepiei-me....parece que as palavras tomaram uma outra dimensão.
Ana Prata.

7:50 da tarde  
Blogger sandra said...

olá minha querida amiga!Um lindo texto!Todos nós sonhamos com um mundo, um mundo escolhido por nós em que tudo seria belo!Mas a realidade toda ela é bem diferente, é um mundo muito diferente, ao contrario daquilo que sonhamos!Mas é muito bom sonhar, e é o sonho que nos vai alimentando a vida e vai nos dando vontade de viver e ultrapassar todas as dificuldades!Beijinhos minha amiga!Boa semana!

8:00 da tarde  
Blogger frog said...

..."Versos, imagens, melencolia// Disto faço o causulo do meu sonho//Segrego tudo com a luz do dia//E ali á tua esperam me ponho"

Um beijo

9:03 da tarde  
Blogger Yardbird said...

Adorei os dois textos. Encontro-me sempre nas tuas palavras, querida Maria. Beijinho, Noite feliz
(olhei ali para o lado e sorri-me: devemos ser quase os únicos portugueses para quem o Gerry Rafferty é um dos preferidos :-) )

9:07 da tarde  
Blogger lique said...

A beleza das palavras nos dois poemas fazem jus à beleza do lugar. Beijinhos, amiga

9:23 da tarde  
Blogger JPD said...

Uma delícia!
Fica bem
Bjs

10:11 da tarde  
Blogger CAP said...

Apesar do tempo que temos, espero que a tua semana seja passada na contemplação desse azul.
Beijinhos.

10:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Neste lugar de cumplicidades, não há silêncio nem solidão, só o refúgio do sonho e do azul do mar:) beijos*** wind

10:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

belissimos poemas, Maria! amigos assim são a cor à vida...

beijos

DonBadalo

12:52 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

aqui neste. lugar.

há uma confissão. e uma palavra. e um poema. e um beijo. e há palavras. e há amor.

abraço. maria.

João

os dias das noites

1:45 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Há sempre lugares a que voltamos, sítios límpidos na fita da memória... e a esperança Maria, por mais absurda que seja a sua figura, é sempre uma hipótese de acontecer!.. Esta imagem minha amiga, tansmite uma quietude tal, que de tão serena e dócil, chega a inquietar. Linda, muito linda mesmo! Beijo pra ti

In Loko

5:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Olá Maria,
Vim dizer-te que adoro as tuas visitas ao meu blog. São uma maravilhosa brisa de carinho.
Já estive por aqui e teu cantinho é realmente repleto de cumplicidade. Belos poemas e imagens, refletindo apenas um pouquinho de tua alma.
Beijos no coração,
Paola

6:03 da manhã  
Blogger Marta said...

Mais um belo post. beijo

9:10 da manhã  
Blogger Vera Cymbron said...

Tenho pena de não me ter encontrado com este blog há mais tempo. Bonitos poemas...versos como facas e dorgas da verdade.
Vou aparecendo por cá...aparece por lá também.

9:28 da manhã  
Blogger polittikus said...

O teu blog é o refugio de muita gente... quando se quer estar perto do amor é aqui que se bem. Adorei. ASS: Polittikus.blogs.sapo.pt

12:47 da tarde  
Blogger Ivo Jeremias said...

Todos os dias retorno a este refúgio de forma a encontrar novas cumplicidades... que me enchem a alma... e confortam o espirito. Um beijo terno.

1:46 da tarde  
Blogger MWoman said...

E que belo mundo que sonhas e que voltas para reinventar sorrisos e harmonia...retribuo com um sorriso também. :) Beijos, Maria e votos de uma boa semana.

2:20 da tarde  
Blogger Sandro said...

Só me ocorre dizer uma coisa...

É uma delícia o que escreves. Sacia-me...

Um beijo grande

2:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o teu coração que está sequioso, é lindo como uma rosa, e doce como o teu sorriso que é belo sempre que o mostras de uma forma sincera.
na solidão não estás, tens amigos que te adoram, que gostam de falar contigo, que gostam de te visitar.
eu sendo um desses amigos sempre te direi, não percas a esperança, mas não te deixes viver por ela, mas sim, vive por ti.

paulo povoa
http://frasesepoemas.blogs.sapo.pt

2:59 da tarde  
Blogger c.b. said...

Encontremos os nossos lugares e deixemo-nos levar por todas as emoções.

Beijo e semana boa para ti :)

3:08 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

{ ... mergulhando nas palavras deste dia (ainda) de sol dobrado, terei eu, em dias frios, que em breve retornam, relê-lo para meu agrado © biquinha ... }

4:28 da tarde  
Blogger zakina limioska said...

é sempre bom estar na tua cumplicidade :)

6:18 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ontem quase desesperei. Ou a web, ou o sapo, ou o meu computador, tudo fizeram para que eu não conseguisse aqui deixar um parco sinal do meu enorme apreço por este espaço.
Semana maravilhosa, Maria.
Um beijo do "amo". Obrigada.

7:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi Linda Maria, foi muito difícil chegar até aqui, nada abria, felizmente, agora estou a escrever para a amiga do meu bem querer.
Também recorro aos retalhos de céu, qdo só quero sonhar. Qdo a concretude me sufoca, viajo e lá nada me afeta.
Achei tão lindinho o texto. Adoro tudo que escreves.
Um beijinho da anne

8:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi Linda Maria, foi muito difícil chegar até aqui, nada abria, felizmente, agora estou a escrever para a amiga do meu bem querer.
Também recorro aos retalhos de céu, qdo só quero sonhar. Qdo a concretude me sufoca, viajo e lá nada me afeta.
Achei tão lindinho o texto. Adoro tudo que escreves.
Um beijinho da anne

8:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá Maria. É bom regressar a determinados lugares que já fazem parte de nós. Adorei a uniformidade do teu post e as belas palavras. Bjinhos amiga. Amita//brancoepreto.blogs.sapo.pt

11:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pois é Maria, há situações que só conseguem ser revividas nos locais certos para nós, embora no coração transportemos sempre aquelas dores, que só conseguiremos largar ali, naquele porto! Um beijo grande e uma excelente semana =)

DL - Eu sei lá
Http://euseila.blogs.sapo.pt

11:53 da tarde  
Blogger Palavras de Algodão said...

Neva num mar
Pétalas de lua...
Lágrimas de felicidade!

Só para ti, minha doce Menina de Ouro, só para ti!

Belíssimos os dois textos!
Parabéns!
Um beijo,
Cris

12:02 da manhã  
Blogger Michel de Garcia said...

Pois o mundo acaba de me dizer que adora quando tu sonhas com ele.
E se ele diz...ele tem razão!

12:08 da manhã  
Blogger folhasdemim said...

Que bom seria se todos os mundos fossem lindos como o teu! Beijos, Betty :)

12:34 da manhã  
Blogger lualil said...

Bom poder ler palavras assim..
Emoção, sensibilidade pura!
beijinhu,

12:53 da manhã  
Blogger Amadeu Raimim said...

Num lugar assim, os sonhos não têm limites...
Um beijo :*

1:18 da manhã  
Blogger Maria_Oliveira said...

Deixo-vos beijos, Maria e Wind, com a minha gratidão.

2:12 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

belo texto e a fotografia até podia ser eu ali sentada como sempre quase noite a comtemplá-lo
* sabes que nunca comentava...a partir de hoje vou fazê-lo sempre
obrigada pela partilha amiga
Beijos muitos muitos muitos
Paula
*já te disse que gosto muito de ti? :)

9:29 da manhã  
Blogger tartaruga said...

somos todos UM... é isto que esta imagem e este poema e também os meus pequenos momentos assim... me fazem lembrar! um grande beijinho doce amiga :)

12:29 da tarde  
Blogger Mikado said...

Há lugares que nos marcam, põem o seu ferrete nas nossas memórias e cada vez que visitamos esses lugares, visitamos as nossas lembranças. O mar também é para mim o lugar mais intenso das recordações, lembram-me a minha meninice, aquela alegria tão mágica quanto tão longínqua.

2:04 da tarde  
Blogger Å®t_Øf_£övë said...

Há lugares que nos recordam momentos tão intensos e felizes,que o melhor é nunca mais lá voltarmos e guardarmos sempre como recordação.
Não devemos procurar ser felizes ou reviver determinados momentos que só acontecem uma vez.
beijinho.

1:57 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Maria,

uma
folha
que cai,
pode ser
um início?
...
início
meio e fim,
uma folha que cai?!

Desse lugar, teu sítio, a lembrança da vida, regida pelas marés, embalada pelo canto do vento, ora forte, ora brisa...
Desse lugar, teu sítio, verso que vai, verso que vem, carinhando a gente... Faz um bem!

Tudo de bom pr'ocê. Com respeito e consideração, batista filho.

3:28 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses