Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

terça-feira, agosto 17, 2004

Escrevo-te...

Hoje quero ser escritora sobre o papel do teu corpo.
Vou te gravar na pele, em palavras, aquilo que de dentro me trazes
Para que, por absorção, regresse ao teu ser e jamais se perca
E este ciclo se mantenha eterno.
A caneta é esta boca que repete à exaustão o que me fazes sentir
E a tinta, indelével, é o amor que sinto por ti.
À medida que escrevo vou-te cobrindo de pétalas vermelhas
que esvoaçam ao encostar das nossas bocas, ao juntar dos nossos alentos em uníssono...

Maria



estou opiada de ti
e percorres-me os nervos todos
com papoilas borboletas vermelhas

o meu corpo entrança-se de sonhos
e sente-se caminhando por dentro

aspiro-te
como se me faltasse o ar
e os perfumes dançam-me

qualquer coisa como uma droga bem forte
corpo e alma
rezam pequenas orações
gestos ritmados ao abraçar-te como quem abraça
sonhos...


Ana Mafalda Leite
(Moçambique - 1958)


37 Comments:

Blogger Yardbird said...

Gosto quase tanto de papoilas como do que escreves. Depois, acho sempre um prodígio de imaginação estes textos/poesias que encontras para complementar os teus escritos. Tem uma noite boa, Maria :-) Beijinho

8:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É o amor! Ele está impregnado em ti.
Querida, escrever assim deve ser gostoso. Acho que farei o mesmo. rssrsrs.
Adorei teu comentário. És um carinho só, Maria. Beijinhos da anne

9:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o amor também se escreve no corpo.

10:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A poesia a brotar de cada poro! O amor faz marcas que jamais poderão ser apagadas... Um beijo =)

DL- http://euseila.blogs.sapo.pt

11:05 da tarde  
Blogger o5elemento said...

{ … venho deixar um mimo: “recorto pedaços de ti para me construir a mim” © biquinha … }{ beijos* }

11:14 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Maria, é tão grande a sua imaginação e tão espantosa a sua capacidade de transmitir sentimentos que nos quedamos mudos. A foto é realmente deslumbrante também. Um beijo.

11:17 da tarde  
Blogger polittikus said...

Tens o amor impregnado na pele. Gosto da forma como escreves, já o disse várias vezes...

11:25 da tarde  
Blogger stillforty said...

Sou a tinta com que me escreves nas noites em que te amo, és papoila, erva daninha, és bicho, és tu, sou eu.
Still

11:56 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria, sempre uma ótima combinação de seu texto com o de outro escritor.

Beijos
Marcia http://www.lendoesonhando.blogger.com.br/

5:08 da manhã  
Blogger Marta said...

Mais uma cumplicidade perfeita. Continuo a preferir as tuas palavras. Beijo

9:36 da manhã  
Blogger Alexandre Narciso said...

Gostei da cumplicidade, gostei ainda mais das tuas palavras.
*A

9:53 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

o amor eterno amor eterno amor eterno ... numa cadeia infinita do teu sentir.
que esta não se quebre.


bjs.


maat7

10:00 da manhã  
Blogger lique said...

Belíssima a paleta de sentimentos que tens vindo a dar-nos aqui! Escolhes poemas que complementam exactamente as tuas palavras.... mas aí é que está, as tuas palavras revelam a pessoa expraordinária que tu és! Beijinhos

10:56 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

o que mais se pode desejar no amor?
uma boca que escreve na pele
um amor que se guarda no corpo sem largar
e as pétalas que colocam o amor acima de tudo, e sempre a unir os corpos e alma
um dia esse amor vai encontrar-te de novo

paulo povoa
http://frasesepoemas.blogs.sapo.pt

11:41 da manhã  
Blogger rfarinha said...

Gostei da ligação "papel e caneta"... ambos são (praticamente) inúteis se o outro não existir ;) Bjs

11:50 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

lindo como sempre querida maria :)! beijinhos e um enorme sorriso :)
tartaruga

12:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ridiculo e mal escrito. O que escreves é até constrangedor, este último texto então... Ridiculo! Francisco

1:40 da tarde  
Blogger IceBlackIce said...

Que a caneta nunca pare...que as palavras jamais se calem...que esse amor seja eterno. Beijo.

2:34 da tarde  
Blogger yogipijama said...

Estes textos são tão suaves e meigos... Espero que o amor seja sempre a tua grande inspiração, pois a escrita é muito mais deliciosa assim! beijinhos :)

3:48 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Yardbird: Obrigada pelas tuas palavras. Também adoro papoilas pela sua cor beleza e simplicidade. Beijinhos, tem uma boa noite!

8:27 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Anne: Tu já o escreves de uma formna sublime e que eu adoro! Muitos beijinhos

8:28 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida DL: mais que marcas ele permanece em nós sempre. Poderá alterar-se, transformar-se, dar até lugar a outro, mas mesmo assim, ficará sempre em nós, e jamais o esquecemos. Beijinhos

8:30 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

o5elemento: Obrigada pelo teu mimo! Beijinhos

8:30 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Emilio: Obrigada. Muitos beijinhos

8:32 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Pollittikus: mais que na pele, na alma. Muito obrigada pela tua visita...

8:33 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Still: Lindo... É bom sentir que sentes e que amas... Beijinhos

8:34 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Marcia: Muito obrigada, é muito bom receber a tua visita. Muitos beijinhos

8:35 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Marta: um beijinho enorme...

8:35 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Alexandre: Obrigada pela tua visita e palavras.. Deixo-te um sorriso Cumplice..

8:36 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Maat: que ela nunca se quebre em ninguém... Beijinhos

8:37 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Lique: Muito obrigada pelas tuas simpaticas palavras. Muitos beijinhos

8:38 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Paulo: Quem sabe? a esperança caminha de mãos dadas com o amor...

8:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ridufa: e o sonho? no sonho tudo é possivel... Beijinhos

8:40 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Tartaruga: Um sorriso Cumplice... Beijinhos

8:41 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Francisco: Obrigada pela tua visita e opinião. Acredito que tu escrevas de forma perfeita. Mas nem todos o conseguem e eu não tenho a pretensão de me dizer perfeita no que escrevo. Mal ou bem Escrevo porque gosto. Escrevo porque quero. Mas não me imponho!

8:56 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ice: Um beijo enorme para ti, amigo...

8:57 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

yogipijama: Espero nunca perder a capacidade de o sentir. Beijinhos

8:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses