Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

quinta-feira, agosto 12, 2004

Ensina-me......

Ensina-me a amar-te!

Diz-me que te não sufoque na ânsia de querer saber de ti
Obriga-me a respeitar o teu silêncio quando não queres falar.
Perdoa a minha impaciência irresponsável que se abate
Sobre essa barreira do não, firme e meigo,
Tecido de certezas entrançadas de dúvidas,
Numa trama de esperanças.
Vejo-as quando desvias os olhos às minhas perguntas mudas
Ouço-as num soluço que deixas escapar,
Sinto-as no afastar do teu corpo à minha proximidade.
Não te quero dilacerado por dentro
Pelos golpes que escapam da pele ja rija
Entre o amor que me tens e outras razões de consciência.
Não duvides que também são meus os motivos que te assistem.
Sofro por ti.
É uma aprendizagem difícil e longa.
Quisera ser perfeita e viver feliz
Só das palavras que escreves.
Aqui me tens despojada mas sempre esperançosa
De que seremos recompensados do nosso sacrifício.
Procuremos a alegria do pouco que, por enquanto, temos.
Senta-te aqui, a meu lado, e escreve comigo, sim?
Ensina-me, por favor!

Maria



60 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Lindo post, Maria. Um pedido... uma prece...envolto em mel. BjinhosAmita

12:12 da manhã  
Blogger Alma said...

Simplesmente divinal ... :) vou de férias com palavras tuas .. intensas .. bonitas .. vou ter saudades de as ler :) Muitos Beijinhos ... espero que tenhas uns dias magníficos :)

1:55 da manhã  
Blogger Piolha said...

por vezes ninguem nos pode ensinar, temos que aprender sozinhos... aprender a controlar a nossa saudade, a nossa vontade de saber, o nosso ciume, o nosso amor, a paixão ... tem que partir de nós1 Uma beijoka *azul*

2:25 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Tantas vezes através do simples facto de pedir ajuda algo salta de dentro e percebemos que, nós próprios, temos as respostas para as tantas dúvidas. Estavam lá, só estávamos é distraídos, afobados, inseguros. Teu aprendizado certamente vem a caminho.Bj, Maria. Lia
http://k2o3.blogs.sapo.pt/

2:46 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

simplesmente, gostava de te ter perto de mim, de te olhar, somente sentir o perfume da tua pele para mim bastava, saber que estavas ali, sim ali, bem ao meu lado, para mim bastava; fica bem e um beijinho :)

3:34 da manhã  
Blogger Bruno said...

Lindo!!! Gostava de comentar o texto mas infelizmente não consigo... Ta demasiado lindo para se comentar... Adorei... Adorei muito!!

5:58 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A Aprendizagem declara-se nas tuas palavras Maria... os silêncios, os olhares, os recuos, as aproximações... "Vejo-as quando desvias os olhos às minhas perguntas mudas.Ouço-as num soluço que deixas escapar. Sinto-as no afastar do teu corpo à minha proximidade." Sinais tão claros estes, da aprendizagem de AMAR!!! Beijos grandes...

In Loko

6:19 da manhã  
Blogger Joao said...

Muito bonito (e sofrido). Um óptimo fim de semana e mts beijinhos, Maria.

João (Memorial)

8:48 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

lindo pedido Maria... humilde e singelo... legítimo e altruísta...! sinal de um Amor profundo de quem já aprendeu a Amar...! muito bonito... um dia também serei capaz de fazer esse pedido :)! beijinhos e um sorriso
Tartaruga

9:44 da manhã  
Blogger PARTILHAS said...

Maria,

Serve se dizer apenas, que me arrepiei? Que entendi, o comentário que me deixaste? Que de algum modo, os meus dedos escreveram a meias com os teus? Vou de férias, Partilharei contigo as minhas emoções, na outra semana. Beijinhos Grandes.

10:24 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

não é preciso ser perfeita para se ser amada
e um pedido tão belo, tão sentido, com o sofrimento e ao mesmo tempo o amor incutido, deve ser respeitado, admirado e aceite.
espero que o amor te apareça, te escreva, se comunique com os sentimentos que tanto almejas, e que comeces a escrever não com sofrimento mas com um pouco da alegria que tens dentro de ti.
mostres esse sorriso nas palavras, o brilho do teu olhar, o coração a bater de felicidade, e uma alma que transforma a esperança num belo amor.

paulo povoa
http://frasesepoemas.blogs.sapo.pt

10:27 da manhã  
Blogger Alex Silva said...

Nestas coisas de amor lido muito mal com o silêncio. O que significa o silêncio? Pode ser interpretado como indiferença ou pior. O silêncio é amado pelos poetas mas creio q é bastante mau para as relações amorosas

11:24 da manhã  
Blogger folhasdemim said...

Se há coisa que não precisas é que te ensinem a escrever... Excelente Maria! Como sempre consegues ser. Vou de férias com as tuas palavras na memória. Beijinhos :)

11:26 da manhã  
Blogger rfarinha said...

Amar não se ensina, nem se aprende... sente-se... tenho a certeza de que sentes o amor... de que sabes amar como algo inato... Não penses em amar, nemno sentimento em si... Age, toca, beija... o amor está lá ;) Bjs

11:39 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

maria.

sei. e compreendo as tuas preces. e os teus pedidos.

denúncio-te. para que não tenhas de pedir. mas sim. para que te peçam. e te amem.

ternura.

abraço. maria.

João

os dias das noites.

12:02 da tarde  
Blogger Marta said...

Acho que não requer ensinamento, essa disponibilidade, atenção, esse querer, é tudo... Está lindo. Beijo

12:12 da tarde  
Blogger pipetobacco said...

[ ... vou ensinar(-te) amar(-te) amando(-te) © pipetobacco ... ][ beijos* e bom fim de semana ]

12:48 da tarde  
Blogger o5elemento said...

{ ... no ensinamento do amar(-te) reflicto(-te) contigo sonhar(-te) © biquinha ... }{ beijos* e bom fim de semana }

12:51 da tarde  
Blogger lique said...

O teu texto é um apelo a que nenhuma sensibilidade pode ficar indiferente. Os silêncios, as aproximações e os afastamentos são sempre difíceis de suportar para quem ama. Mas não peças para te ensinarem a escrever, Maria. Tu escreves muito bem e a escrita é sempre um processo individual. Beijinhos

1:00 da tarde  
Blogger IceBlackIce said...

E continuas...e continuas...sempre a subir de qualidade.
No próprio acto de amar...vais aprender o que necessitas.

1:36 da tarde  
Blogger ccc said...

conheço essa angustia, terrivel. Abandona-a. Gostei muito de te ler calmamente.

1:41 da tarde  
Blogger zakina limioska said...

Um fim de semana muito docinho para ti :)

1:46 da tarde  
Blogger c.b. said...

Tão bonito de tão verdadeiramente sentido. Porque se vivemos é para querermos e sermos ensinados e para ensinar e com estas palavras que escreveste ensinaste. Ensinaste-nos lembrando-nos que não nascemos ensinados, ensinaste-nos a querer mais, a aprender mais para mais sentir e mais amar.
E amas, amas com essas palavras que se tocam de sentimento e de tudo o que nos ensina também a te amar.
Beijos e bom fim d semana ;)

2:57 da tarde  
Blogger Yardbird said...

Há algumas pessoas, poucas, que tenho uma dificuldade tremenda em comentar. Os seus textos deixam-me sempre tão...nas nuvens, que depois só saem banalidades quando mereciam muito mais, tudo aquilo que não sou capaz de exprimir. Tu és uma dessas pessoas, que me encanta sempre com a sua escrita, Maria. Beijinho, tem um dia feliz :)

3:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

escrever no teu corpo o texto do amor

3:34 da tarde  
Blogger stillforty said...

Dificil comentar o teu texto, só que me revi nele. É um privilégio ler-te
still

4:33 da tarde  
Blogger Estrela do mar said...

Entrei devagarinho e sem avisar, mas cativou-me este cantinho.
"Ensina-me..." é de grande beleza, e mostra que também no amor há sempre e muito por aprender.
Bom fim de semana e aguardo uma visita tua na minha "Clave de Lua".
Bjos.

7:00 da tarde  
Blogger g. said...

linda Maria que te poderei dizer?? que somos cumplices, que já passei por isso e sei que a aprendizagem é das mais difíceis mas... um dia vais acordar e ver que a vida é bela e vale a pena ser vivida, que as lágrimas, bem como o sorriso, fazem parte dessa beleza. um dia muito feliz para ti menina

10:39 da tarde  
Blogger Velasquez said...

Que te aconteceu?

11:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria, Maria, Maria... momento de bela inspiração e de desejo. JAC Local Imperfeito

12:01 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

ama-me que eu amarte-ei sempre, mas preciso que me atendas o telefone...:) simplesmente....isso.
beijinho

2:18 da manhã  
Blogger Anjo Do Sol said...

:)))
Adorei. Carregado de emoção e sentimento puro.
A mensagem chegará (ou chegou) ao seu destino.
Amar já o sabes. :)
Bjitos doces, amiga

8:51 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Amita, envolto num amor imenso..

7:21 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Doce Alma, desejo-te umas férias muito felizes.. Beijinhos

7:21 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Bruno, Muito obrigada pelas tuas palavras. Beijinhos

7:24 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

In Loko amigo, o amor por vezes não se basta, precisa de se aprender, e com simplicidade e entrega dispõe-se para essa aprendizagem. Beijinhos

7:26 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

João, desejo umas férias muito felizes, para ti e para a Sónia! Muitos beijinhos aos dois!

7:27 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Tartaruga: Sinal de amor profundo de quem já aprendeu a amar, mas que quer aprender mais ainda, sempre.. Todos os dias! Beijinhos

7:31 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Partilhas: Desejo-te umas optimas férias, muitos beijinhos

7:33 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Paulo: Muito obrigada pelas tuas doces palavras. Um beijinho grande para ti!

7:34 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Alex Silva: Obrigada pela tua visita. Há que saber entender os silêncios..

7:36 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Betty: Desejo-te umas férias muito felizes. Beijinhos

7:37 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ridufa: Estas palavras não seriam possiveis se o amor não existisse, se não estivesse lá.. Beijinhos

7:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

João, um beijinho e um sorriso para ti...

7:40 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Marta: Obrigada, beijinhos

7:41 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Pipetobacco: O ensinamento perfeito... Beijinhos

7:42 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

o5elemento: Isso é aprender, é amar.. Beijinhos

7:43 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Lique: Muito obrigada pelas tuas palavras. Muitos beijinhos

7:44 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ice: deixo-te um beijinho grande e um sorriso cúmplice...

7:45 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

CCC: Não, não são palavras de angustia, mas apenas de amor e entrega.. Beijinhos

7:46 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

In-Quietude: Continuação de um fim de semana muito feliz, para ti também. Beijinhos

7:47 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Carlos: O meu muito obrigada pelas palavras que simpaticamente me deixas. Muitos beijinhos

7:49 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Still: Muitos beijinhos, continuação de um dia feliz!

7:50 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Yardbird, Deixo-te um sorriso cúmplice... Beijinhos

7:51 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Estrela do Mar: Obrigada pela tua visita, passarei pelo teu canto com todo o prazer.

7:52 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida g, Todos conhecemos o sabor das lágrimas e da dor, elas fazem parte da vida e da sua aprendizagem.. Tornam os momentos outros, ainda mais especiais e bonitos... Desejo que em ti não existam lágrimas, mas apenas sorrisos, muitos beijinhos amiga..

7:54 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Jac: Um momento sentido..

7:56 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Doce Anjo: Um beijinho grande para ti, amiga...

7:57 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Há alguem ansioso por aprender e creio que não haverá melhor professora. Um beijo atrasado mas só agora tive acesso a este canto sempre tão esplêndido.

11:10 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Emilio: Tento aprender todos os dias, a aprendizagem é muitas vezes lenta.. mas tenho a força e a vontade de apreender tudo o que a vida me permitir...

8:36 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses