Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

sábado, agosto 28, 2004

Dentro de ti...




Tentei fugir da mancha mais escura
que existe no teu corpo, e desisti.
Era pior que a morte o que antevi:
era a dor de ficar sem sepultura.

Bebi entre os teus flancos a loucura
de não poder viver longe de ti:
és a sombra da casa onde nasci,
és a noite que à noite me procura.

Só por dentro de ti há corredores
e em quartos interiores o cheiro a fruta
que veste de frescura a escuridão...

Só por dentro de ti rebentam flores.
Só por dentro de ti a noite escuta
o que me sai, sem voz, do coração.


David Mourão-Ferreira


41 Comments:

Blogger polittikus said...

Um dos mais belos, senão o mais belo poema de David Mourão Ferreira. Adorei...

11:39 da tarde  
Blogger nocturnidade said...

belíssima escolha.

12:11 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

um belo poema, que mostra um belo sentir
como sempre uma boa escolha
beijos

12:43 da manhã  
Blogger R/B Estação said...

O poeta transporta a poesia às costas.
Se não a "cantar" ou passar para o papel,
esta será prisão para a alma do poeta.

10:29 da manhã  
Blogger lique said...

Belíssimo poema de David Mourão Ferreira que escolheste para este sábado de sol! Tem um bom dia, minha amiga! beijinhos

10:50 da manhã  
Blogger ccc said...

Tulipas são as minhas flores, David adoro, também lhe chamo "meu". Sim sou um bocado possessiva:)
Post lindo. Bom fds linda

12:42 da tarde  
Blogger rfarinha said...

E tão poucas vezes se presta tributo àqueles que nos trouxeram ao mundo... o poema que trouxeste fá-lo na perfeição. Aproveito para aqui deixar um beijo enorme aos meus pais, dedicando-lhes este mesmo poema ;) Bjs

1:22 da tarde  
Blogger yogipijama said...

Bonito poema. bjs :)

7:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria, acabei de visitar o blog da Lique e me encantei por lá, chegando aqui encontro outra maravilha...parabéns por tão linda escolha. Beijos e um ótimo final de semana.

Marcia http://www.lendoesonhando.com.br

8:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria, acabei de visitar o blog da Lique e me encantei por lá, chegando aqui encontro outra maravilha...parabéns por tão linda escolha. Beijos e um ótimo final de semana.

Marcia http://www.lendoesonhando.com.br

8:55 da tarde  
Blogger Piolha said...

Olá =D lindo como sempre, escolhes muito bem o que por nos teus posts! Um beijo enorme **********

11:18 da tarde  
Blogger Lapis de Cera said...

Vim deixar-te um beijo e ver que as sardinheiras continuam lindas!...Ficam tão bem, no parapeito desta tua janela!
Não te inquietes.Logo passa esta minha tristeza...E gosto,Maria, gosto mesmo muito de ti!Tem um fim de semana tranquilo.
Quanto ao poema, David M Ferreira era simplesmente genial!

11:45 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria, belo poema carregado de um generoso olhar sobre o amado. A imagem é linda e transmite-me um que de pureza d´alma associado às palavras. Bjs e bfs.

http://textosecenas.blogspot.com/

12:36 da manhã  
Blogger Alexandre Narciso said...

Uma excelente escolha para este sábado :)

*A

4:01 da manhã  
Blogger amita said...

Olá Maria. Belíssimo este poema de David Mourão Ferreira. Quando puderes vai ao nossoportugal. Um bom Domingo e Bjinhos

12:34 da tarde  
Blogger Alma said...

Mariaaaaaa ... estou de volta :) excelente selecção ... adorei o poema e a foto :) Espero que as tuas férias estejam a ser óptimas ... as minhas foram :) Muitos beijinhos ... e saudades :)

Alma
Nada ao Acaso (http://alma01.blogs.sapo.pt)

1:36 da tarde  
Blogger Anjo élico said...

depois de estar fora de mim, voltei. E cheguei bem a tempo de ver mais uma excelente escolha.
:)

4:17 da tarde  
Blogger Emilio de Sousa said...

Só posso dizer que o poema é excepcional desse que foi meu professor de Português no 2º ano do liceu.Beijinhos.

5:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Anjo do Sol Lia, Maria ele diz que a ......é a actual.

Anjo do Sol Lia, Maria da sedução dele

Anjo do Sol Lia, Maria além da Lú


Anjo do Sol Lia, Maria e da Catarina do Alma

Anjo do Sol Lia, Maria a Lú de coração enorme, tem sido uma vítima dele

Anjo do Sol Lia, Maria eu adoro a Lú e ela acredita piamente nele.


Anjo do Sol Lia, Maria ao mesmo tempo que ele lhe dizia amo-te e vem para Portugal, estava a dizer o mesmo à Alma e a falar horas .....

Anjo do Sol Lia, Maria isto segundo as palavras dele

6:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Anjo do Sol Lia, Maria ele diz que a ......é a actual.

Anjo do Sol Lia, Maria da sedução dele

Anjo do Sol Lia, Maria além da Lú


Anjo do Sol Lia, Maria e da Catarina do Alma

Anjo do Sol Lia, Maria a Lú de coração enorme, tem sido uma vítima dele

Anjo do Sol Lia, Maria eu adoro a Lú e ela acredita piamente nele.


Anjo do Sol Lia, Maria ao mesmo tempo que ele lhe dizia amo-te e vem para Portugal, estava a dizer o mesmo à Alma e a falar horas .....

Anjo do Sol Lia, Maria isto segundo as palavras dele

6:04 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Anjo do Sol Lia, Maria ele diz que a ......é a actual.

Anjo do Sol Lia, Maria da sedução dele

Anjo do Sol Lia, Maria além da Lú


Anjo do Sol Lia, Maria e da Catarina do Alma

Anjo do Sol Lia, Maria a Lú de coração enorme, tem sido uma vítima dele

Anjo do Sol Lia, Maria eu adoro a Lú e ela acredita piamente nele.


Anjo do Sol Lia, Maria ao mesmo tempo que ele lhe dizia amo-te e vem para Portugal, estava a dizer o mesmo à Alma e a falar horas .....

Anjo do Sol Lia, Maria isto segundo as palavras dele

6:04 da tarde  
Blogger Yardbird said...

Leio sempre com admiração o David, Maria. Obrigado por o trazeres :) Beijo

9:18 da tarde  
Blogger stillforty said...

Escolheste um poema lndissimo do David.
Fica bem.

9:50 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Polittikus: É lindissimo sim, gosto imenso de David Mourão-Ferreira, ele "canta" os sentimentos de uma forma que me encanta, e com a qual me identifico muito... Toca-me profundamente. Beijinhos

10:12 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Nocturnidade: Muito obrigada pela tua visita.

10:13 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

João da Cal: sem duvida, tu fazes-lo de forma perfeita! Beijinhos

10:14 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Lique: Muito obrigada. Muitos beijinhos para ti, amiga...

10:38 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida CCC: chame-lhe meu sim, eu também o faço.. Possessiva?? não me parece... talvez um pouco.. :) Muitos beijinhos

10:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ridufa: Um beijinho enorme para os teus pais. Outro para os meus. Muitos beijinhos também para ti...

10:40 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

yogipijama: Beijinhos para ti...

10:41 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Marcia: A lique tem um cantinho muito especial, ela é muito especial!! Muitos beijinhos

10:43 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Piolha, é muito ter-te de volta!! Beijinhos

10:44 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Alexandre: Muito obrigada. Beijo

10:45 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Cris, quem não resiste a alguém tão doce quanto tu és?? eu não... deixei-me encantar por ti, gosto muito de ti também... Muitos beijinhos

10:48 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Lia, um beijo enorme para ti...

10:49 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Amita: M,uitos beijinhos para ti. Fui ao nosso canto e fiquei encantada com o que vi...

10:51 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Doce Alma: Que bom ter-te de volta. Já tinha imensas saudades. Muitos beijinhos

10:52 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Anjo: Desejo-te um excelente regresso! Beijo

10:53 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Emilio: teve então um professor magnifico. Não imagino melhor... Beijo

10:54 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Yardbird: Sem agradecimentos amigo, aprecia-o apenas. O obrigado é apenas para ele. Beijinhos

10:56 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Still: Obrigada. Beijinhos

10:57 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses