Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

sábado, agosto 07, 2004

Cores de Esperança II

Sim, tenho esperança que os sorrisos sucedam às lágrimas
Que a bonança substitua o mau tempo
Que as minhas forças vençam a fraqueza do meu desalento.
Que a tua ausência sucumba às mãos da tua presença e
Que todas as tuas zangas sejam comigo,
Que seja o depósito dos teus desabafos,
Que me torne a esponja das tuas lágrimas.
Mas também...
A plateia dos teus sucessos,
A gémea da tua alegria
O coro das tuas gargalhadas,
A companhia dos teus passos e
O outro carril desta linha que desejo infinita.

Maria




queima o tempo
e o esquecimento
queima a vida
queima o papel
em que escrevo
porque banais
são as palavras
mas não queimes
os sentimentos.
mata a raiva
e a tristeza
mata a dor
e o sofrimento
porque demais
é o amor
que nasce
em mim
em cada momento

Teresa Sales, in Naufrágios



g, mistura-te nestas cores de esperança!

34 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Espectacular post! Dos melhores aqui. Bela imagem. Bjs* wind

7:51 da tarde  
Blogger lique said...

Alimentemos a esperança, amiga, porque sem ela a vida é cinzenta. E não queimemos nunca os sentimentos! Beijinhos

7:53 da tarde  
Blogger Lapis de Cera said...

Que seja eu de ti o complemento, que te acompanhe, te ladeie.Que corras para mim, que em mim descanses.Que sejas meu companheiro e que se cale o silencio para nos ouvir sorrir.E que já vá longe a tempestade, e que a vejamos ir, sentados no parapeito da nossa bonança...
Um beijo, minha querida Amiga!Como eu gosto de te ler!
Cris

8:10 da tarde  
Blogger g. said...

eu sei que tens coragem e esperança, sei que és forte e lutadora, sei que matarás a dor e o sofrimento mas não matarás os sentimentos e as vivências, isso será eterno e infinito como o outro caril da tua vida. o post e a imagem foram a pensar em ti, beijinhos amiga e um bom fim de semana

8:53 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Wind: Obrigada, desejo-te uma excelente noite, beijinhos

11:31 da tarde  
Blogger sandra said...

Minha amiga, eu espero que a esperança seja uma constante na tua vid, pois enquanto há esperança conseguimos tudo!
Eu espero qeu na tua vida ocorra o que dizes no poema"...tenho esperança que os sorrisos sucedam às lágrimas
Que a bonança substitua o mau tempo
Que as minhas forças vençam a fraqueza do meu desalento."
Espero que a tua vida seja repleta de sorrisos, alegria, força e amor, pois és uma excelente pessoa e mereces tudo, mas tudo!
Minha amiga até daqui a uns tempos, espero qeu quando voltar traga ums sorriso nos lábios!Adeus minha amiga até Setembro se Deus quiser!
Beijinhos muito grandes para ti amiga!

11:34 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Querida Lique: Quando tudo falha, resta a esperança. E que nuca queimemos os sentimentos, sem eles nada faz sentido, nada valerá a pena... Sem eles deixamos de Ser.. Beijinhos

11:35 da tarde  
Blogger sandra said...

Esqueci-me de dizer que adorei o poema!Lindo como sempre!Beijinhos!

11:39 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Doce Cris, ao ler-te agora lembrei do e-mail que me enviaste e do terno momento em que te vivias, e sorri-me, esse é um momento de todas as esperanças, das concretições.. Estas tuas palavras são a sua continuação.. Muitos beijinhos, uma noite doce, doce.. para ti e para Xande, um sorriso aos dois.

11:40 da tarde  
Blogger Carlos Morais said...

Gostei... Lindo!
"Sim, tenho esperâmça que os sorrisos sucedam às lágrimas" ... Que pelo menos saibamos, melhor: que consigamos, manter a ESPERANÇA!

12:13 da manhã  
Blogger Maria Branco said...

g minha querida: deixo-te apenas estas palavras da Florebela Espanca : "Sou uma céptica que crê em tudo, uma desiludida cheia de ilusões, uma revoltada que aceita, sorridente, todo o mal da vida, uma indiferente a transbordar de ternura. Grave e metódica até à mania, atenta a todas as subtilezas dum raciocínio claro e lúcido, não deixo, no entanto, de ser uma espécie de D. Quixote fêmea a combater moinhos de vento, quimérica e fantástica, sempre enganada e sempre a pedir novas mentiras à vida, num dom de mim própria que não acaba, que não desfalece, que não cansa!” Beijinhos e um sorriso...

12:24 da manhã  
Blogger Maria Branco said...

Sandra, minha querida menina: Desejo-te desde já umas excelentes férias, descansa, cuida-te e aproveita cada momento, e quando voltares quero olhar-te, e ver esse teu sorriso lindo. Muitos beijinhos

12:26 da manhã  
Blogger Maria Branco said...

Carlos: Que ela, esperança, ilumine cada um dos nossos paços, e nos ajude a encontrar o caminho... Beijinhos

12:28 da manhã  
Blogger Maria Branco said...

Errata: Passos... :)

12:29 da manhã  
Blogger stillforty said...

Gostei do que escreveste, deixo-te com parte de um "texto" escrito há alguns anos:

A vida não é mais que uma gargalhada
O mundo não é mais que um riso de estertor.
E para além de ti
Para além do teu ardor
P'ra além de ti, minh'alma,
Não importa mais nada,
Não existe mais nada,
Nada mais tem valor.

2:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

olá, Maria! Apesar do Domingo cinzento em Lisboa, da chuva, do vento (em pleno Verão)a esperança é mesmo algo para se manter, cultivar sempre. Matéria-prima dos nossos sonhos é ela mesma que nos faz avançar :). Gostei mto dos teus comentários, de saber-te leitora do Jorge Amado. Agradecço-te tua especial atenção para com os meus cantinhos. Obrigada, linda! Fica Bem, desejo-te um óptimo Domingo e uma semana ainda melhor.Bj**

2:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

olá, Maria! Apesar do Domingo cinzento em Lisboa, da chuva, do vento (em pleno Verão)a esperança é mesmo algo para se manter, cultivar sempre. Matéria-prima dos nossos sonhos é ela mesma que nos faz avançar :). Gostei mto dos teus comentários, de saber-te leitora do Jorge Amado. Agradecço-te tua especial atenção para com os meus cantinhos. Obrigada, linda! Fica Bem, desejo-te um óptimo Domingo e uma semana ainda melhor.Bj**Lia
http://textosecenas.blogs.sapo.pt/

2:56 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que a esperança te guie para sempre :*

Rato

3:05 da tarde  
Blogger Piolha said...

Sim os sorrisos irão suceder às lágrimas mas a vida é feita tanto de lágrimas como de sorrisos, não podemos menosprezar as lágrimas, temos que aprender a conviver com elas =) desejo-te sorrisos brevemente! um beijo*

3:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

sente em mim o que mais desejares para ti

5:49 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Stillforty: Muito obrigada pela tua visita e palavras. O amor resumido em cada uma delas. Para além de ti, mais nada... Belo! Espero que o vivas com toda essa entrega e profundidade. Deixo-te um sorriso de esperança, beijinhos

6:14 da tarde  
Blogger rfarinha said...

Não percas a esperança... ela te trará surpresas quando menos esperares ;) Bjs

6:18 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Queria Lia: Gosto da chuva de verão, gosto de a sentir em mim, gosto do cheiro da terra molhada... Por aqui o vento ausentou-se, e o dia esteve quente, foi sem duvida um dia agradável. Quanto aos teus cantos, é um prazer visita-los, gosto do teu trabalho, que tem uma qualidade indiscutivel. Agradeço-te essa partilha! Beijinhos

6:23 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Rato: Obrigada pelas tua visita e palavras.

6:24 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Piolha: Sim elas fazem parte da vida, elas são um resultado da dor, e é com ela que aprendemos, crescemos e evoluimos enquanto pessoas. São momentos pelos quais todos passamos. Depois delas, os sorrisos acontecem com mais intensidade... Deixo-te um sorriso enorme... Beijinhos

6:28 da tarde  
Blogger IceBlackIce said...

Dúvido que exista algo mais que possa dizer, à excepção de "LINDO". Beijos.

6:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

haja esperança. colorida e repleta do que se espera.

9:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Aquela fotografia resume numa imagem tudo... está lá o absoluto do que somos (do que é o Universo). JAC Local Imperfeito jac.blogs.sapo.pt

9:16 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deixar escapar o tempo e esperar dele a cura não será estar a morrer? JAC Local Imperfeito jac.blogs.sapo.pt

9:53 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Ridufa: A esperança de que me vivo é a de encontrar a minha paz e tranquilidade... Beijinhos

10:50 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

IceBlackIce: Obrigada amigo, desejo-te uma noite muito feliz! Beijinhos

10:51 da tarde  
Blogger Maria Branco said...

Jac: A cura não está no tempo, nem nos outros, está sim e apenas dentro de nós, não é com toda a certeza fácil, mas ela depende da nossa força de vontade... Deixar escapar o tempo na espera de que ele resolva, é morrer lentamente, todos os dias um pouco... Beijinhos

10:53 da tarde  
Blogger Emilio said...

Não lhe digo que tenha esperança porque ela já em si reside. Eu sei e fico feliz porque merece. Um beijo grande.

12:22 da manhã  
Blogger Maria Branco said...

Emilio: Já reside sim. Sempre residiu... Obrigada pelas suas palavras, Beijinhos

7:33 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses