Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

segunda-feira, julho 26, 2004

Meu fogo...

Foi luz e trevas, foi calor e frio, foi tudo e nada.
Encheu-me a consciência da minha insignificância,
De que nada posso e de que aquilo que quero não conta.
É hoje certeza de que o que possuo não é meu mas do destino.
E ontem, já só braseiro, alimentou-me a solidão,
Pois tu não estavas...
Ah, se os teus dedos pudessem limpar a fuligem dos meus olhos
E a tua boca varrer as cinzas que cobrem a minha,
Por baixo estaria um sorriso à tua espera
E sentir-me-ia compensada!
Vem! Depressa!



31 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Maria aproveitaste os incêndios, o fogo, para escrever um poema saído das "entranhas". Belo! bjs* wind

5:25 da tarde  
Blogger c.b. said...

Do fogo, qente ardente, tiraste um poema cheio de sentimento e saudade. Bonito
*

5:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

não sou eu quem chamas para te limpar os olhos, para te beijar a boca, mas é um poema lindo, um poema que encanta e que mostra a saudade sentida no coração.
dos olhos te tiro a cinza passando com a pena com que escrevo as palavras, da boca tiro a fuligem com a poesia que escrevo de coração, e em poucas palavras apenas digo.
amiga sempre serás, e poetisa sempre serás, mas com os sentimentos sempre encantarás.
beijocas

Paulo Povoa
http://frasesepoemas.blogs.sapo.pt

5:36 da tarde  
Blogger Alma said...

Palavras que nos envolvem ... são sentidas e bonitas ... embora para descrever o perigo que passastes ... palavras de saudade também :) adorei ... Beijinhos e um excelente dia é o que te desejo

6:24 da tarde  
Blogger PEdro said...

está muito bonito!.. a lamentar é a situação :((
gostei muito das rosas brancas!
bjs

6:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um perigo, uma saudade, a falta de alguém...palavras ditas com tanto sentimento. Muito bonito Maria. Beijos

Marcia
http://www.lendoesonhando.blogger.com.br/

7:04 da tarde  
Blogger Anjo Do Sol said...

Espero que esteja tudo bem contigo, minha amiga. Mais logo, falamos. Sou que o incêndio andou perto de ti. E de ti saíram estas belas palavras. :) Bjitos

7:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Quer dizer: lamento os sustos, claro! Não tem graça nenhuma estar-se perante um incêndio! No entanto, fica a saber que eu não sou limpa-chaminés, (mas tiro-te a fuligem dos olhos com gosto) e tão pouco sou varredor, mas deixarei que a minha boca varra a tua. Está combinado, apesar de não falar contigo mais logo.
Lobo Branco

8:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

bem inspirada pelo fogo. ardo...
f.p

9:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi amiga,fiquei triste quando fui ao teu outro blog e vi que já não existia e reapareces com um novo blog,lindisimo e um template espectacular,sabes que nem sempre venho á net amiga,o trabalho aperta cada vez mais,eu depois mudo o link,nem te digo o inferno que passamos hoje em faro,o fumo que vinha das gambelas inundou faro numa enorme nuvem vermelha,mal se conseguia andar na rua,o sol queimava tanto e eu com asma senti-me mesmo mal e ainda estou meio tonta,isto é de mais,boa semana amiga,graça

9:22 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi Maria, encantei-me com este braseiro que virou saudades. Ele virá! Sim, porque se encantas a nós, por certo encantou a ele tb.
Beijo doce, bela! Uma linda semana a te abraçar...
Bjus da anne

9:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi maria, o comentar brincou comigo. Cadê meu comentário? Rsrsrs.Dizia eu que encantei-me com este braseiro que virou saudades. Belo texto.
Encantas, Maria! E se encantas a nós, por certo encantou ao teu amore. Ele virá!
beijionhos saudosos.

9:35 da tarde  
Blogger sandra said...

Minha amiga, gosto imenso do template do teu blog, acho lindissimo, aquela rosa branca que significa a pureza, a paz, algo que a tua poesia tem bem presente, a pureza das palavras que escreves!
Minha amiga, achei lindo este poema, apesar de nao achar nada lindo o que o fogo esta a fazer por portugal inteiro e especialmente nao Serra da Arábida, que é linda ou que era...
bem minha amiga, despeço-me com grandes beijinhos para ti e fica bem!

9:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Oi Maria, agora que percebi que houve um incêndio. Que triste! Espero que tudo esteja bem contigo querida.
Encanrei-me com este teu texto. Encantas, Maria!
Beijinhos e uma semana maravilhosa a te abraçar.
anne

9:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Cada x menos ha espacos verdes em portugal... Estes incendios sao uma tristeza para todos nos... =( Boa semana... http://seraoamorimpossivel.blogs.sapo.pt

10:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

eu estou aqui!!! um beijo bom :)

11:13 da tarde  
Blogger Emilio said...

Maria, Maria que faz das tripas coração e desarranca um post assim. Não há palavras para elogiar o seu espírito.
A Nova Fénix renascida das cinzas! Um beijo grande.

11:24 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bom de ler, Maria. O texto fala por si e algo me diz que "ele" virá... Beijinhos, minha linda e uma óptima semana pra ti!Lia Costa Carvalho
http://textosecenas.blogs.sapo.pt/

11:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tudo é superável quando temos ao nosso lado a pessoa que amamos.
Beijo Rap.

12:02 da manhã  
Blogger Piolha said...

Olá! A solidão e a saudade juntas são uma desgraça... separadas ainda se toleram agora quando se juntam é horrivel! Um beijo grande* os incêndios já começam... voltou a destruição... =(

12:19 da manhã  
Blogger Pedro Gama said...

E ando eu com Palavras de fogo, para depois ter de me olhar em ti e ver que o fogo também pode ser mortifero. As minhas palavras não queimam de facto. Os teus sentimentos revelam-se até no meio da fogueira. Só agora, a esta hora e neste dia soube da tua aflição. E só agora te posso dizer que espero que tudo tenha corrido pelo melhor e que se precisares de alguma coisa tens o meu mail. (Eu depois envio-te o meu tlm.

Ah, outra coisa. Hoje quase que volteia gostar de poesia... obrigado!!!

Beijo...

12:59 da manhã  
Blogger MWoman said...

Aqui estás e com nova casa, bonita por sinal, como não podia deixar de ser.Apercebi-me que passaste por alguma aflição mas pelos vistos estás bem! Este teu fogo é sem dúvida muito mais bonito do que o outro que consome terras, florestas e habitações...Ainda bem que estás aqui e de volta! Beijos

2:45 da manhã  
Blogger rfarinha said...

Os incêndios... levam mais do que o colorido da natureza, levam-lhe a alma, levam-lhe a vida... como algo se pode modificar e como soom impotentes perante tal força :( ;) Bjs

11:05 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Está lindissima a apresentação do teu blog assim como o seu conteudo é sempre especial. JAC Local Imperfeito http://jac.blogs.sapo.pt

11:52 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

é bom. regressar a um lugar. onde as palavras fazem sentido com as imagens que deixam.

abraço. maria.

João

os dias das noites.

11:54 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Que fogo é esse que arde sem se ver?

11:55 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

amor é fogo que arde sem se ver? mentira!
fogo é o teu...

bjs

DonBadalo

11:56 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Que bom reencontrar-te neste blog! Linda e delicada a rosa branca. Como tu. Espero que esteja tudo bem contigo. Beijinhos, Betty

12:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Maria minha querida, tentei ligar mas o teu tlm estava desligado, deixo-te aqui um beijo de força. Espero que o teu exame tenha corrido bem. Beijos - Ana

2:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que grande susto para ti, e para todos os que têm a infelicidade de vivênciar este terror de tão perto! Nestes momentos é que compreendemos, de facto, o quanto significamos no meio do descontrole. Não somos nada!Espero que tenha corrido tudo bem, e que em breve te possas sentir mais acompanhada! Um beijo

12:03 da manhã  
Blogger Maria_Oliveira said...

Minha querida Menina: estou imensamente desolada. Nem me passava pela cabeça...
Este teu novo espaço está maravilhosa. Um enorme beijinho.

2:46 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses