Cumplicidades

Há palavras que nos beijam, Como se tivessem boca. Palavras de amor, de esperança. De imenso amor, de esperança louca...

sábado, julho 17, 2004

Espero...

Espero sempre por ti o dia inteiro,
Quando na praia sobe, de cinza e oiro,
O nevoeiro
E há em todas as coisas o agoiro
De uma fantástica vinda.

Sophia de Mello Breyner

Quando vens,trazes o sol e a ternura.
São os teus olhos que me despertam
E me oferecem o aroma da vida.
É a doçura inquieta das tuas mãos
que veste os meus sonhos.
O momento que espero é este,
Quando vens antes de mim e dos sentidos.
Quando me confidencias as tuas saudades,
e os caminhos por onde me levaste,
nas tuas ausências…
Quando me trazes a Primavera…



0 Comments:

Enviar um comentário

<< Home

actualizações de weblogs portugueses